sábado, 14 de outubro de 2017

Tabela de Vibrações - David Hawkins

+++

Já sabemos que o colapso da função de onda transforma a energia em matéria.

Mas como fazer isso?

Estudando a tabela de consciência do Dr David Hawkings, que é a medição e a determinação matemática de níveis de consciência dos seres humanos, um dos trabalhos pioneiros e mais interessantes do médico psiquiatra americano David R. Hawkins (1927-2012), trazidos ao público em grande parte no livro “Poder contra Força: Uma Anatomia da Consciência – Os Determinantes ocultos do comportamento humano” (Power vs Force: The Hidden Determinantes of Human Behaviour), de 1995. Hawkins realizou várias pesquisas usando a Cinesiologia e relacionou os níveis de consciência em estratificações que contém algumas semelhanças com, por exemplo, as estruturas dos chakras do Yoga e dos latiaf do Sufismo (ou de outras escolas espirituais e abordagens psico-espirituais).

Conseguimos analisar em qual área estamos vibrando menos e então mudar essa vibração.

A mente não distingui o que é real do que não é real, uma lembrança e um acontecimento no presente para a mente é a mesma coisa.

Toda vez que imaginamos uma situação estamos colapsando a realidade, justamente porque o cérebro não consegue distinguir o real  do imaginário.

Quando desejamos algo, estamos colapsando, porém, nem sempre os desejos são materializados, pois colocamos, ansiedade, medo, vibrações muito baixas que impedem que o desejo se realize, também chamado de Efeito Zenão.”Todo apego cria um efeito Zenão, que paralisa o processo de manifestação do que se deseja. Quanto mais apego menos resultados temos. Por conseguinte, toda ansiedade paralisa tudo. Quanto mais força se coloca menos resultados.  Essa força é interna. É preciso entender isso claramente. Toda pressão que a pessoa coloca para conseguir o objetivo, mesmo que seja internamente, desejando com extrema vontade que aquilo aconteça impede que aconteça. Isso acontece muito com vendedores e corretores de imóveis. Eles sutilmente pressionam o cliente. Pensam: “eu tenho de vender, eu tenho de ganhar está comissão, eu tenho de pagar aluguel, etc.”. Com isso estragam toda a venda. Existem corretores que estão no mercado a anos e não vendem um imóvel por causa disto. Eles dirão que não estão pondo pressão nos clientes, mas estão pondo internamente. Eles sentem pressão. São extremamente competitivos e querem ganhar de qualquer jeito. De vender de qualquer jeito. São o que se chama personalidade tipo A, em cardiologia. Candidatos ao infarto.” Hélio Couto.

Quando você solta, quer dizer que você tem certeza que o que você quer está chegando para você, então você vibra em uma frequência de energia alta,  que faz com que tudo  o que você quer se materialize.

Você tem que sentir, desejar e soltar para que seu pensamento se concretize na matéria.

Quando você deseja um carro por exemplo, ele ainda é uma energia, e ele vai recebendo energia,  eventos vão acontecendo em sua vida, até que esse pensamento/energia se torne matéria.

Se colocamos pressão e ansiedade, duvidamos que o vai acontecer, acaba que descolapsamos a função de onde e temos que colocar prótons, neutros e elétron novamente.

Tudo é energia, então a partir do momento que conseguimos mudar a energia, podemos alterar qualquer realidade.

O que torna tudo possível é quando temos um pensamento que se une ao sentimento, criando a realidade.

Vejamos como vibra cada sentimento e como ele influencia na forma em como estamos criando a nossa realidade:

VERGONHA : vibrando apenas 20 Hz, é a vibração mais baixa que um ser humano emite. A vergonha impede tomada de decisões, convivência social, não tendo experiencias na vida, o que dificulta essa pessoa de aprender, evoluir e saber como agir, porque não sabe o que dá certo e o que não dá.
De forma mais amena se manifesta como timidez, num nível extremo de vergonha a pessoa quer desaparecer, até suicidar-se, sentindo ódio de si mesmo.

CULPA 30 Hz : Vibração um pouco maior que a vergonha, pois, para sentir culpa a pessoa tem que agir . Pessoas assim criam muito pouco, fazem papel de vitima, culpando tudo e a todos por não conseguir ter sucesso em suas pretensões.Nunca inova, vive do passado. A religião para esse tipo de pessoa, alimenta nela sentimentos de que são pecadores.

APATIA 50 Hz: Perca da esperança e vitimização. Característica dos sem tetos. As pessoas nesse estado não conseguem agir perante o que a vida apresenta.

DOR/SOFRIMENTO 75 Hz:  Tristeza extrema, principalmente diante de perdas. Vibra mais que a apatia, pois  o sofrimento transforma as pessoas e lhe tiram do estado de apatia.

MEDO 100 Hz : As pessoas com medo se sentem inseguras diante as questões da vida, tudo se torna perigoso. Podem ter paranoias,  ficam preocupadas e estressadas. Para sair dessa situação muitas vezes as pessoas necessitam de ajuda para superar e lidar com esses medos.Medos são crenças limitantes, que geram falta de qualidade de vida.

DESEJO 125 Hz: Nesse nível a pessoa é materialista ao ponto de nunca estar feliz com o que tem. Alimenta vícios e luxúria. É consumista, enquanto não compra o que quer fica impaciente e ansiosa. Nós que escolhemos qual efeito as coisas físicas terão sobre nós, podem ser boas ou ruins. Temos que ter equilíbrio.

RAIVA 150 Hz: É um sentimento de frustração, que pode ficar escondida em nosso interior ou ser exposta num momento de fúria, que também causa culpa, vergonha e mal estar, pois, sempre a pessoa que perdeu o controle se sente mal depois de não ter conseguido controlar os sentimentos.

Quando a raiva fica guardada dentro de si, ela se acumula e chega num ponto onde um “mosquito vira um boi”, e a pessoa estoura.

O ideal não é guardar a raiva e sim tentar canaliza-la em outras coisas como sair ao ar livre para fazer exercícios físicos por exemplo.

ORGULHO 175 Hz: Esse é o estado de consciência predominante da humanidade atualmente. Dependente de circunstâncias externas (dinheiro, poder, fama, etc), . Esse é o estado que leva ao nacionalismo, racismo e guerras religiosas.Um ataque a suas crenças, viram um ataque pessoal.

CORAGEM 200 Hz: Nesse estado o ego ainda existe, mas já se começa ver uma vida fora de si, pensando mais nos outros, onde o otimismo prevalece, e a espiritualidade começa aflorar.

NEUTRALIDADE 250 |Hz: Nível de sistemas onde nossas crenças são flexíveis, nos tornamos desapegados e mais felizes. Aconteça o que acontecer, você vai estar firme em sua posição. Perde-se a necessidade de provar. Você se sente seguro e convive muito bem com outras pessoas. É um estado confortável.

DISPOSIÇÃO 310Hz: Neste nível, você começa a usar sua energia de forma mais eficaz. Começamos a por em prática as idéias, não existe mais reclamação de quase nada. Aqui começa a acabar a entropia. A vida fica mais organizada.

ACEITAÇÃO 350 Hz: Mudança verdadeira, elimina-se crenças antigas. Vive proativamente pois sua energia aumenta.
No nível da aceitação você se torna competente e aqui você quer colocar suas habilidades para fazer algo bom. É aqui que você define e alcança metas.Começa a entender que tem uma papel a mais no mundo e quer fazer a diferença. Já consegue perdoar facilmente.

RAZÃO/CONTEMPLAÇÃO 400 Hz:  Hawkins define este nível como a nível da medicina e da ciência. Consciência dos mestres, onde se é desapegado de tudo. Enxerga o mundo como um todo conectado, não existe mais sofrimento às coisas externas, não vive mais na matrix.

AMOR 500 Hz: Não existe mais o ego, somente o amor incondicional, onde tudo que se faz é por um bem maior. Hawkins diz que esse nível é alcançado apenas por uma em 250 pessoas durante todo o seu tempo de vida.
Uma parcela minima como 0,0001% vive nesse estado.

ALEGRIA 540 Hz: Estado de felicidade inabalável.  A Alegria é o estado de consciência maior que o ego pode atingir. Começa desapego com a vida. Nível ondes estão mais avançados na espiritualidade. A energia dessas pessoas é radiante e é muito bom estar perto delas. Expansão de consciência. A pessoa age através de sua intuição que é muito forte.

PAZ 600 Hz: Total transcendência. Hawkins diz que esse nível só é alcançado por uma pessoa em 10 milhões.

ILUMINAÇÃO 700 Hz : “É a união do ser com o todo. O fim do individualismo. O fim do eu. Fim do ego. O homem transcendental.
Extremamente raro. Só o fato de pensar sobre pessoas desse nível pode fazer com que você aumente seu nível de consciência. É aqui que acontece o estado da “Consciência Elevada” tão bem conhecido como “Super Consciência”. Você vê o mundo como ele realmente é. Indescritível.”

“Além disso, Hawkins descobriu que o nível de consciência de 200 é um nível crítico. Uma média global de 200 ou mais é necessário para sustentar a vida neste planeta sem que ele afunde em uma eventual autodestruição.

Desde meados dos anos 80, ele informa que a média global da humanidade na sua escala, subiu um pouco acima do nível 200 crítico. Isto, é claro, representa outra descoberta que confirma a existência de uma mudança em curso no nosso nível de consciência.”
fonte: Física Quântica e Espiritualidade

+++

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Doença de Machado-Joseph

+++
+++
A doença foi identificada pela primeira vez em 1972 em indivíduos da comunidade açoriana emigrada na Nova Inglaterra. O nome da patologia, ao contrário do que é habitual, não derivou do nome dos investigadores que a descobriram, mas sim do apelido dos patriarcas das famílias em cujos membros a afecção foi descrita. Estes dois homens, William Machado e Antone Joseph, eram açorianos emigrados em Massachusetts, um grupo étnico no qual a doença apresenta a máxima prevalência, em particular entre a população da Ilha das Flores, na qual cerca de 1 em cada 140 indivíduos é diagnosticado com DMJ.
...
O teste destinado à detecção da mutação causadora da doença está disponível desde 1995 e permite detector o número de repetições do tripleto "CAG" na região do cromossoma 14 que codifica o gene ATXN3.Considera-se que o teste é positivo, isto é que existe o potencial para o desenvolvimento da DMJ, quando a região contém de 61 a 87 repetições, comparadas com as 12 a 44 repetições presentes em indivíduos saudáveis. Uma limitação do teste é a incerteza gerada quando o número de repetições de "CAG" no indivíduo testado fica entre o valor considerado normal e o valor conhecido como patogénico, isto é quando o número se situa no intervalo das 45-60 repetições, situação em que não é possível afirmar com certeza se o indivíduo é ou não portador da deficiência genética que pode levar ao aparecimento posterior de DMJ ou de o transmitir aos seus descendentes. (ver tb)
fonte: wiki





Outra doença, com gene tb localizado no cromossoma 14 e sintomas similares: a doença de Krabbe.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

A Vida Inteira Não Tem Fim

+++
Sei no nosso amor tão forte em mim
A vida inteira não tem fim
Por mais que queira
Sei e nada vai poder mudar
Esse desejo de ficar
Na vida inteira p´ra saber
A luz do amor brilha na areia
E o teu olhar é fogo em mim
Amor meu amor a vida inteira
Não chega p´ra te amar assim
Na luz do amor brilha na areia
E o teu olhar é fogo em mim
Amor, meu amor a vida inteira
Não chega p´ra te amar assim
Sei que o nosso amor vem p´ra ficar
Mesmo que doa eu vou esperar
A vida inteira
Li pela vida passa sobre nós
E por amor não estamos sós
Pela alma inteira p´ra viver
A luz do amor brilha na areia
E o teu olhar é fogo em mim
Amor, meu amor a vida inteira
Não chega p´ra te amar assim
A luz do amor brilha na areia
E o teu olhar é fogo em mim
Amor, meu amor a vida inteira
Não chega p´ra te amar assim
fonte: cifraclub
+++

domingo, 25 de junho de 2017

Somos todos diferentes / Estrelas na Terra


e o filme completo:

Quando Deus e a Medicina se Encontram


Haverá espaço para Deus no contexto da medicina moderna ocidental? Os milagres médicos acontecem por alguma razão espiritual? Existe lugar para a eutanásia na mente dos que procuram a essência espiritual? Assistir a uma cirurgia de coração aberto ensina algo sobre a alma a um estudante de medicina? Deveriam os princípios metafísicos/espirituais fazer parte do currículo das faculdades de medicina?

Numa conversa aberta e franca, o grande mestre Neale Donald Walsch e a Dra. Brit Cooper refletem sobre a condição do ser humano que, mais do que uma criatura física com uma mente altamente desenvolvida, é uma entidade espiritual. Ao perceberem esta completude, quer a medicina quer a espiritualidade podem olhar para a cura como um processo de tratamento do corpo, da mente e da alma.

«A Dra. Brit Cooper é uma das pessoas mais brilhantes que tive o privilégio de conhecer nesta vida. Para além da enorme bondade, compaixão e profunda consciência espiritual, é um tesouro da nossa espécie. Estejam atentos ao seu nome nos próximos anos porque ela já está a fazer a diferença no mundo de uma forma extraordinária.»
Neale Donald Walsch

domingo, 18 de junho de 2017

AMOR


Podes rezar ao teu Deus que eu rezo ao meu,
Talvez o meu Deus seja o teu,
Porque só há um Deus no nosso céu,
Chama-se A.M.O.R.
Chama-se
A.M.O.R.

O meu Deus não usa balas nem se explode na multidão,
Que o teu Deus não use ferros nem se esconde na Santa Inquisição,
Porque cada um tem um Deus na sua mão,
E o nosso chama-se
A.M.O.R.
E alguém pergunta ao longe e eu digo:
A.M.OR.

E se o meu Deus fosse uma Mulher e o teu também,
E se se beijassem na boca e no céu se ouvisse: ' Amén!',
Porque todos os Deuses tem destino de Mãe,
E o nosso é A.M.O.R.
Não é outro o nosso Deus que não
A.M.O.R.
E alguém me diz ao longe chama-se
A.M.O.R.
E há pobres e loucos que dizem:
A.M.O.R.

Podes pedir ao meu Deus que eu peço ao teu,
Que nos dê a Paz e a Luz e a Vida que nenhum ódio venceu,
Porque sabes onde estiver esse Deus estarás tu, estarei eu,
É um Deus que dá pelo nome
A.M.O.R.
E tu perguntas como se chama esse Deus e eu digo:
A.M.O.R.

E os tristes e os fracos dizem:
A.M.O.R.
E são poucos os loucos que não tem
A.M.O.R
E é por isso que eu quero que tu digas comigo A.M.O.R.
E alguém na rua diz
A.M.O.R.
E eu digo mais uma vez
A.M.O.R.
Chama-se
A.M.O.R.


fonte: Pedro Abrunhosa